skip to Main Content
Tel: (11) 3111-2040

Vitaminas e Hipervitaminoses.

Vitaminas e Hipervitaminoses.

As vitaminas (conhecidas como aminas vitais) são substâncias que o organismo não tem condições de produzir e, por isso, precisam fazer parte da dieta alimentar. Suas principais fontes são as frutas, verduras e legumes, mas elas também são encontradas na carne, no leite, nos ovos e cereais. As vitaminas desempenham diversas funções no desenvolvimento e no metabolismo orgânico. No entanto, não são usadas nem como energia, nem como material de reposição celular. Funcionam como aditivos- são indispensáveis ao mecanismo de produção de energia e outros como a produção de proteínas, mas em quantidades pequenas. A falta delas, porém, pode causar várias doenças, como o raquitismo (enfraquecimento dos ossos pela falta da vitamina D) ou o escorbuto (falta de vitamina C), que matou tripulações inteiras até dois séculos atrás, quando os marinheiros enfrentavam viagens longas comendo apenas pães e conservas e não se sabia o que causava a doença. A via mais comum de entrada das vitaminas no corpo é a dieta. A ingestão delas é o caminho normal para sua reposição, mas podemos, em casos especiais, administrá-las por via endovenosa. A aplicação de vitaminas na pele e nos cabelos tem aplicação limitada pois só vai atuar no local onde é aplicada. Assim, se quisermos melhorar rugas ou queda de cabelos podemos usar as vitaminas em produtos tópicos para alcançar os efeitos que queremos. Um mito que existe, mas que não tem nenhum fundamento é que, ao usar, por exemplo, um xampu com vitaminas, poderíamos ter efeitos sistêmicos (internos) do uso delas em excesso! Isso é apenas uma inferência sem nenhum fundamento científico!

 

Link do artigo BWS:

https://bwsjournal.emnuvens.com.br/bwsj/article/view/13

 

APS – Associação Pele Saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top